contatos@ronaldobezerra.com
85 9770.1807 - 8701.3387

Ronaldo A. Bezerra

domingo, abril 06, 2014

A Excelência da Alegria

Como é feliz o homem que teme o SENHOR e tem grande prazer em seus mandamentos, o que seria do homem se não fosse o SENHOR, e da sua descendência, sem o pão que desceu dos Céus? 
Tenho experimentado do agir invisível de Deus já algum tempo, e ao mesmo tempo chegado a uma conclusão: "Que Deus Jamais falha, nem atrasa, nem adianta, Ele chega na hora exata". A alegria do SENHOR é permanente, é progressiva, quanto mais provamos, mais nos enchemos  da Sua presença, pois na casa do SENHOR há fartura de alegria.
Mas, há algo também por demais excelente, exatamente no momento que participamos do agir sobrenatural na vida do nosso irmão. Esse sobrenatural, vem sobrepor toda e qualquer adversidade, levando-o para uma dimensão e atmosfera de amor e fé. 

Viver somente em detrimento daquilo que nos realiza, é muito pouco para um homem ou mulher que busca os propósitos divinos em sua totalidade. Porque não adotarmos uma prática cristocêntrica? A negação consiste em olhar para o outro e não para si, emergindo do seu mais profundo intimo uma atitude exteriorizada de fé, esperança e amor.

Estender a mão para o caindo, é um ato de perpetua alegria, é o mesmo que exalar o perfeito perfume celestial, é como o primeiro dia em que provamos pela primeira vez a paz, não há pertubação em nossos corações, não há medo, somente uma vontade enorme de viver o hoje. Mesmo diante do mar revolto, um olhar confiante, mesmo quando nos abandonam, a certeza de que jamais seremos abandonados pelo nosso Pai celestial.

Precisamos ter por certo, que os resgatados do Senhor voltarão. Entrarão em Sião com cântico; alegria eterna coroará suas cabeças. Júbilo e alegria se apossarão deles, tristeza e suspiro deles fugirão. A esperança nos eleva ao mais alto nível de confiança, nos preenchendo com um sentimento profundo de conquista, de realização e dever cumprido. Mesmo quando tudo parecer perdido, jamais perca a esperança, pois em esperança fomos salvos, para vivermos uma vida vitoriosa em Cristo Jesus. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mais o maior destes é o AMOR.

Ronaldo A. Bezerra
Reações: