contatos@ronaldobezerra.com
85 9770.1807 - 8701.3387

Ronaldo A. Bezerra

quarta-feira, maio 01, 2013

CONTENTAMENTO

"Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade"(Filipenses 4:12).




Viver feliz, muita das vezes nos condiciona há um estado circunstancial, onde quem prevalece,  é quem sempre ganha. Estamos nos aproximando da Copa das Confederações, quando participará diversas seleções, representando o seu país de origem,  somente uma levará o "Troféu" de campeã. Em nossa vida diária não poderia ser diferente, somos constantemente levados a um ciclo de superação, cá pra nós, nosso maior desejo de consumo, é a realização pessoal, profissional. Esquecemos, que além desse pano de fundo, existe algo muito mais excelente, "Nossa Vida Espiritual", que nos dá uma Base sólida para caminharmos em qualquer circunstancia, seja na alegria ou na dor, ganhando ou perdendo, no vale ou no monte, pois o que prevalece é a certeza, que mesmo chorando, a lágrima servirá para regar nossa fé. "Aquele que sai chorando enquanto lança a semente, voltará com cantos de alegria, trazendo os seus feixes". Mas, quanto a você, ele encherá de riso a sua boca e de brados de alegria os seus lábios, independentemente do seu estado de espirito, você decide incliná-lo a esperar pacientemente em Deus. O contentamento de uma vida nutrida da presença de Jesus Cristo, não é, e nunca será circunstancial, 
mas relacional, intrinsecamente co-relacionada aos propósitos de Deus, que não são temporal, mas, tais  Propósitos são inerentes ao tempo, nos condicionando ao aprendizado da espera, da fé, da esperança e do amor, mas o maior destes é o amor. Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade. A beleza, o prazer, a adoração, o louvor, o contentamento, jamais poderá ser interrompido, pelo contrário: Em vez de murmurar cante, você é um campeão (ã), a luta é sua, mas a batalha é do SENHOR, então declare: "Tudo Posso Naquele Que Me fortalece".

Ronaldo A. Bezerra
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário