contatos@ronaldobezerra.com
85 9770.1807 - 8701.3387

Ronaldo A. Bezerra

sexta-feira, agosto 10, 2012

A MENTIRA

"Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros" 

(Efésios 4.25).

  1. 1. A MENTIRA - Filhos dos homens, até quando convertereis a minha glória em infâmia? Até quando amareis a vaidade e buscareis a mentira? Deus através da boca do salmista, interpela os filhos dos homens no que se diz respeito a Sua fidelidade, a Sua glória e o Seu amor. Ele diz, até quando? Porventura não esquadrinhará Deus isso? Pois ele sabe os segredos do coração. Qual foi a ultima vez que você comprometeu-se com o SENHOR, dizendo: "A partir de hoje, priorizarei a Tua Obra, os Teus Preceitos, Sua Vontade. Saiba de uma coisa amado (a), precisamos urgentemente proferir este clamor diante do Trono da Graça de Deus: "Afasta de mim a vaidade e a palavra mentirosa; não me dês nem a pobreza nem a riqueza; mantém-me do pão da minha porção de costume. Para que, porventura, estando farto não te negue, e venha a dizer: Quem é o SENHOR? ou que, empobrecendo, não venha a furtar, e tome o nome de Deus em vão.
  2. 2. A VERDADE - Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira. Quem está falando isto é o próprio Jesus Cristo, é a própria Verdade, o Caminho, a Vida. Este é o tempo de despertar do sono profundo, da letargia espiritual, do engano maligno. Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade. Saiba de uma coisa querido (a), que a vontade de Deus é que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. Somente a verdade nada mais que a verdade. E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade. Não vos escrevi porque não soubésseis a verdade, mas porque a sabeis, e porque nenhuma mentira vem da verdade.
  3. 3. A RENÚNCIAAssim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo. E você, está disposto (a) a renunciar o que existe de mais precioso aos seus olhos? Pois se não lhe custar nada, é claro que não terá nenhum valor para Deus. Porque o ímpio gloria-se do desejo da sua alma; bendiz ao avarento, e renuncia ao SENHOR. Mas, o caminho do justo é todo plano; e Deus retamente pesa o andar do justo. Há um convite para todos: "Mas, convertendo-se (renunciando) o ímpio da impiedade que cometeu, e procedendo com retidão e justiça, conservará este a sua alma em vida. Arrependa-se agora! Volte-se para o SENHOR, que se voltará para você. Entregue-se a Ele, confia Nele e o mais Ele fará. A sorte se lança no regaço, mas do SENHOR procede toda a determinação. Mas já em nós mesmos tínhamos a sentença de morte, para que não confiássemos em nós, mas em Deus, que ressuscita os mortos. Tome uma atitude. Afinal... Hoje é Sábado.
          RONALDO A. BEZERRA
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário