contatos@ronaldobezerra.com
85 9770.1807 - 8701.3387

Ronaldo A. Bezerra

segunda-feira, junho 18, 2012

PERDOADOS

"Todavia estou de contínuo contigo; tu me sustentaste pela minha mão direita" (Salmos 73:23).

  1. 1. ABSOLVIÇÃOE, vendo Ele a fé deles, disse-lhe: Homem, os teus pecados te são perdoados. Preste atenção, Jesus Cristo menciona a "fé deles" e não a fé dele, afinal quem estava precisando de um milagre, era o paralítico e não os seu amigos ( aparentemente). Aqui nós vemos claramente a operação milagrosa na esfera horizontal coletiva, "consoleis os de pouco ânimo, sustenteis os fracos, e sejais pacientes para com todos". Jesus Cristo, olha justamente para a atitude dos amigos daquele homem, de chegarem ao ponto de não conseguirem passar por causa da grande multidão, "Abriram uma passagem em cima do telhado", apresentando-o ao único que poderia realizar o milagre naquela vida. A absolvição para os pecados do homem, somente é possível, através do sangue do Cordeiro de Deus. Você entende isto?
  2. 2. PENSAMENTOS Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as prostituições, os homicídios. Portanto, de que forma devemos pensar e nos comportar? Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. Aqueles a quem perdoardes os pecados lhes são perdoados; e àqueles a quem os retiverdes lhes são retidos. Você já parou para pensar sobre a questão da falta de perdão? O que acontece quando não perdoamos a quem nos tem ofendido? O que me vem a mente, é a oração do Pai Nosso, no caso de não perdoarmos "Anulamos esta oração". Quando não perdoamos, não absolvemos estas pessoas, pelo contrário, ficamos acorrentados a elas, e cortamos a comunicação com Deus. Você entende mesmo isto?
  3. 3. CONTÍNUO - Quando somos perdoamos, nos sentimos livres, é como se tirassem um fardo pesado de nossas costas, sentimos vontade de pular, de gritar, de cantar e compartilhar uns com os outros a benção do  perdoar, as vantagens da comunhão se evidenciam em nossas vidas no dia a dia, o cuidado um com o outro passa a fazer parte da priorização existencial coletiva. E Jesus, conhecendo logo em seu espírito que assim arrazoavam entre si, lhes disse: Por que arrazoais sobre estas coisas em vossos corações? Qual é mais fácil? dizer ao paralítico: Estão perdoados os teus pecados; ou dizer-lhe: Levanta-te, e toma o teu leito, e anda? Ora, para que saibais que o Filho do homem tem na terra poder para perdoar pecados (disse ao paralítico), a ti te digo: Levanta-te, toma o teu leito, e vai para tua casa. E levantou-se e, tomando logo o leito, saiu em presença de todos, de sorte que todos se admiraram e glorificaram a Deus, dizendo: Nunca tal coisa vimos. E você, está pronto para perdoar, você realmente entende o que Deus está falando? Perdoe. Afinal...hoje é segunda -feira.
         RONALDO A. BEZERRA
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário