contatos@ronaldobezerra.com
85 9770.1807 - 8701.3387

Ronaldo A. Bezerra

domingo, janeiro 08, 2012

O MELHOR DE DEUS

"Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros" (João 13:25).
  1. DISTINGUIR - Quando é que distinguimos o certo do errado, o bem do mal? Quando temos o devido conhecimento e noções do saber quem realmente somos de fato. O que iremos tratar no momento não é o conhecimento de nós mesmos, mas, de se fazer conhecer mediante aquilo que somos. Jesus Cristo é enfático quando declara: "Te conhecerão como meu discípulo quando você amar seu próximo", quando você perdoar, quando você servir, quando você entender, porque Eu não vos chamo mais de servo mas de amigo, então tudo mudará à sua volta e muitos perceberão quem realmente você é, um servo.
  2. DISCÍPULOS - Para sermos discípulos, precisamos de um mestre, e este mestre nos dá instruções, e estas instruções precisam ser observadas e colocadas em prática. Disse-lhe Pedro: Por que não posso seguir-te agora? Por ti darei a minha vida. Precisamos vigiar a saída da nossa boca, pois o que proferirmos, nos será cobrado. Logo depois desta declaração Pedro negou a Cristo Jesus três vezes. O que você tem negado de si mesmo? Negado ao seu próximo? Negado a Deus? Ou você tem dito: "SENHOR, escolhi o caminho da verdade; propus-me seguir os teus juízos. Você tem seguido estes preceitos?
  3. UNS AOS OUTROS - Jesus Cristo não se revela ao homem falando de si mesmo, Ele diz: "Se eu testifico de mim mesmo, o meu testemunho não é verdadeiro. Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo de mim mesmo, mas o Pai, que está em mim, é quem faz as obras. A esse povo que formei para mim; o meu louvor relatarão, evidenciarão o meu amor, minha paixão, assim me amarão acima de todas as coisas, de todo o coração, de toda a sua alma, este é o primeiro mandamento: O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes. Afinal, hoje é segunda - feira.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário